DIA DE «ANO BOM»: ANO DE PAZ


1. A Igreja Una e Santa celebra neste Dia de «Ano Bom», como é usual chamar-se o Primeiro Dia do Ano Civil, a Solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus, a que anda associada, desde 1968, a celebração do Dia Mundial da Paz, este Ano subordinada ao tema «Combater a Pobreza, construir a Paz». Na sua Mensagem para este 42.º Dia Mundial da Paz, o Papa Bento XVI põe diante dos nossos olhos as inúmeras situações de pobreza que atravessam o nosso tempo, e reclama, entre outros contributos, a Mensagem de João Paulo II para o Dia Mundial da Paz de 1993, então significativamente intitulada «Se procuras a Paz, vai ao encontro dos Pobres».

 

2. Desafio imenso e intenso, dado que os pobres são cada vez mais, mas nunca estão a mais! Todos têm nome e rosto, são pessoas para amar, não casos para discutir, analisar, somar, esconder ou marginalizar. São pessoas para amar. E, nesta nossa sociedade tantas vezes indiferente, insensível e anestesiada, sem amor nem dor nem alegria, cada pobre é como um despertador a impedir que seja tão fácil adormecermos no divã dos nossos egoísmos e comodismos!

 

3. Muita gente tem falado e vai continuar a falar dos pobres e da crise, com muitos números e números muito altos, muito saber e elevada competência técnico-científica. Mas nós, que vivemos do Evangelho, estamos avisados para não ficarmos preocupados quando ouvirmos falar destas coisas e quando virmos estas coisas acontecer (Lc 21,5-28). E também sabemos que a única crise verdadeira acontece quando o Evangelho embate na nossa vida, e a põe em crise, fazendo cair os nossos mais estudados e requintados sonhos, projectos e planos (Is 8,9-10), e fazendo nascer caminhos novos e germinar mundos insuspeitados.

 

4. É assim que, no Evangelho de hoje (Lc 2,16-21) – e contra toda a estudada lógica e frios calculismos humanos –, aos pastores, que são pobres, desprezados, e marginalizados pelos olhares ditos civilizados, se abre o céu e ouvem um recital de música divina e é a eles que chega a Grande Notícia e correm ao encontro do Pobre e falam do que ouviram e deixam as pessoas maravilhadas! Igual plenitude, que rompe a nossa habitual planura ou “planitude”, se sentiu no estranho nome de João dado ao filho de Isabel e de Zacarias quando ninguém na família tinha esse nome (Lc 1,59-63), se sentirá na estupenda oração de Simeão (Lc 2,29-33), nos dizeres cheios de sabedoria de Jesus no meio dos doutores (Lc 2,46-49).

 

5. De Deus vem sempre um mundo novo. Maravilhoso. Tão novo e maravilhoso, que nos cega, a nós que vamos arrastando os olhos cansados pela lama. Que o nosso Deus faça chegar até nós tempo e modo para ouvir outra vez a extraordinária bênção sacerdotal, que o Livro dos Números guarda na sua forma tripartida: «O Senhor te abençoe e te guarde./ O Senhor faça brilhar sobre ti a sua face e te seja favorável./ O Senhor dirija para ti o seu olhar e te conceda a paz» (Nm 6,24-26).

 

6. Olhada por Deus com singular olhar de Graça foi Maria – também pobre, também Feliz, Bem-aventurada –, Santa Maria, Mãe de Deus, que hoje celebramos em uníssono com a Igreja inteira. Para ela elevemos os olhos de filhos enlevados.

 

7. Mãe de Deus, Senhora da Alegria, Mãe igual ao Dia, Maria. A primeira página do ano é toda tua, Mulher do sol, das estrelas e da lua, Rainha da Paz, Aurora de Luz, Estrela matutina, Mãe de Jesus e também minha, Senhora de Janeiro, do Dia primeiro e do Ano inteiro.

 

8. Abençoa, Mãe, os nossos dias breves. Ensina-nos a vivê-los todos como tu viveste os teus, sempre sob o olhar de Deus, sempre a olhar por Deus. É verdade. A grande verdade da tua vida, o teu segredo de ouro. Tu soubeste sempre que Deus velava por ti, enchendo-te de graça. Mas tu soubeste sempre olhar por Deus, porque tu soubeste que Deus também é pequenino. Acariciada por Deus, viveste acariciando Deus. Por isso, todas as gerações te proclamam «Bem-aventurada»! Por isso, nós te proclamamos «Bem-aventurada»!

 

9. Senhora e Mãe de Janeiro, do Dia Primeiro e do Ano inteiro. Acaricia-nos. Senta-nos em casa ao redor do amor, do coração. Somos tão modernos e tão cheios de coisas estes teus filhos de hoje! Tão cheios de coisas e tão vazios de nós mesmos e de humanidade e divindade! Temos tudo. Mas falta-nos, se calhar, o essencial: a tua simplicidade e alegria. Faz-nos sentir, Mãe, o calor da tua mão no nosso rosto frio, insensível, enrugado, e faz-nos correr, com alegria, ao encontro dos pobres e necessitados.

 

10. Que seja, e pode ser, Deus o quer, e nós também podemos querer, um Ano Bom, cheio de Paz, Pão e Amor, para todos os irmãos que Deus nos deu! Ámen!

 

António Couto

3 respostas a DIA DE «ANO BOM»: ANO DE PAZ

  1. Luisa diz:

    “Tenho flores para Ti plantadas no jardim do meu pensamento. Elas só se abrem à luz do Teu ser e vigoram com as minhas lágrimas. Quando estiverem prontas farei um ramo que irá adornar o Teu coração e o seu aroma intenso guiará a minha alma pelos Teus caminhos até alcançar o Teu abraço!”

    Para Ti Mãe querida!
    Abençoa os nossos dias, as nossas noites, os nossos pensamentos e o nosso sentir. Que tudo se faça grande perante nós que somos pequenos. Que tudo nos deslumbre o coração e nos faça agir em Teu nome amado, Mãe do Coração!
    Mais um ano que passa, outro que nos chega. Temos sempre oportunidade para Te amar, para aprender a Te amar. Que assim o saibamos ser e fazer!

  2. E. Coelho diz:

    Com palavras simples mas belas, como sempre, consegues que , nem que seja por breves e humanos momentos, possamos “espreitar” o mundo que te faz dizê-las. É nesses momentos que nos damos conta de quanto estamos afastados da realidade que deveria ser a nossa vida de cristãos. Obrigada por nos ajudares a ver a “flor”.
    Abraço

  3. Parabéns, sr D. António. Leio sempre os seus textos com todo o interesse pois revelam muita sabedoria espiritual e teológica.
    Aproveito para enviar o meu blog http://operfumededeus.blogspot.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: