OUTRA SABEDORIA, OUTRO SABER, OUTRO SABOR

1. O Livro do Êxodo apresenta-nos um Deus surpreendente, voltado para nós, atento aos nossos problemas e deles sabedor, e que acode aos nossos gritos, mesmo que não os tenhamos dirigido a Ele. Leiamos com atenção este texto espantoso:

 

«2,23E aconteceu que, decorrido muito tempo, morreu o rei do Egipto. Os filhos de Israel gemiam debaixo da servidão, e clamaram, e o seu grito de socorro desde a servidão subiu a Deus. 24ENTÃO Deus OUVIU o seu gemido, e Deus RECORDOU-SE da sua aliança com Abraão, com Isaac e com Jacob. 25Deus VIU os filhos de Israel, e Deus SABE» (Êxodo 2,23-25).

 

Página sublime, em que Deus se revela como Aquele que está, com amor, atento à nossa vida, e que intervém na nossa história activamente e gratuitamente. De facto, o texto não diz que Israel dirigiu o seu grito a Deus. Diz simplesmente que Israel gritou, e que Deus OUVIU ENTÃO aquele grito. A novidade do Deus da Bíblia mostra-se toda neste sóbrio ENTÃO, que traduz o ainda mais sóbrio vau hebraico, que apresenta a intervenção de Deus, não como resposta a um pedido nosso, mas como Sua pura iniciativa de graça e liberdade.

 

2. Atente-se também neste discurso em dois tempos de Moisés no Livro do Deuteronómio, salientando a inciativa gratuita de Deus e exortando-nos à verdadeira Sabedoria bíblica (SABE HOJE!): não assente naquilo que fizemos, fazemos ou faremos, mas naquilo que, por amor, nos foi feito, nos é feito e nos será feito:

 

«4,37Porque Ele AMOU os teus pais e ESCOLHEU a sua descendência depois deles, Ele TE FEZ SAIR, diante da sua face, com a sua grande força, do Egipto. 38Deserdou nações grandes e mais poderosas do que tu, para TE FAZER VIR e TE DAR a sua terra como propriedade, como HOJE. 39SABE HOJE e volta-o no teu coração: sim, o Senhor é Deus nos céus, no alto, e sobre a terra, em baixo, e não há outro. 40Guarda os seus estatutos e as suas ordens, que eu te ordeno HOJE para o teu bem e para o dos teus filhos depois de ti, para que prolongues os dias sobre a terra que o Senhor, teu Deus, TE DÁ todos os dias» (Deuteronómio 4,37-40).

 

Nestas admiráveis e saborosas páginas da Bíblia, a consciência do homem não é a auto-consciência daquilo que eu fiz, mas a hétero-consciência daquilo que me é feito e que eu sou HOJE chamado a reconhecer: «SABE HOJE e volta-o no teu coração: sim, YHWH é Deus nos céus, no alto, e sobre a terra, em baixo, e não há outro» (Deuteronómio 4,39).

 

3. SABE hoje e VOLTA-O NO TEU CORAÇÃO! Outra Sabedoria, outro saber, outro sabor. À outra luz do coração, que é onde arde o dom de Deus, Sabedoria de Deus, escrita nova de Deus no coração. Anúncio feito por Jeremias (31,33), cumprido no coração dos dois de Emaús (Lucas 24,32) e que Paulo quer acender no coração de Timóteo (2 Timóteo 1,6).

 

4. Querida Igreja destes tempos difíceis: vamos saborear o que Deus fez, faz e vai continuar a fazer no coração dos seus filhos queridos! Um coração habitado pelo dom de Deus é um coração missionário. Querida Igreja, sabe-o e saboreia-o hoje e volta-o no teu coração, isto é, vira-o e revira-o à outra luz do coração!

 

António Couto

One Response to OUTRA SABEDORIA, OUTRO SABER, OUTRO SABOR

  1. Meu caro D. António Couto,
    bebo na fonte da (sua) Palavra abundantes vezes, sempre em busca da novidade que a Palavra Deus (lhe) vai semeando no coração.
    ao ler hoje este pedaço de Deus, e de si, sinto-me também eu interpelado a dar um sabor novo ao saber rotineiro de todos os dias…para que a Missão, confiada a todos e nascida no coração de Deus, brote rios de água viva no coração dos homens e mulheres nossos irmãos, a Querida Igreja, casa dos ressuscitados peregrinos na história…obrigado pela sabedoria orante do seu saber…tem sempre outro sabor!
    um abraço amigo e fraterno, no Coração de Deus.

%d bloggers like this: