LA PETITE ESPÉRANCE

Maio 19, 2009

sorrisos_pulando_cordaChamava-se esperança

era pequenina

saltava à corda

com a força que tinha

 

A corda tensa

a corda abaulada

tornava-se imensa

nas mãos da menina

 

Entre o céu e a terra

baloiçando a corda

pulava o horizonte

de borda em borda

 

Sobre o vau da vida

sobre o vau da morte

a corda tendida

era o passaporte

 

Frágil, forte,

o fio da esperança

salta o vau da morte

com um pé de dança

 

Assim vai o caixão

descendo pela corda

mas sobe o coração

sursum corda

 

De Deus descia

a escada de corda

a menina tecia

o seu céu de corda

 

António Couto

Anúncios